10 de ago de 2017

Prefeitura de Tarauacá realiza XI Conferência de Assistência Social



Assecom - Com o tema central “Garantia dos Direitos e Fortalecimento do SUAS", (Serviço Único de Assistência Social), a Prefeitura de Tarauacá, por meio da Secretaria de Promoção Social e Conselho de Assistência Social, realizou a Xl Conferência Municipal da Entidade.

O evento aconteceu na manhã desta quarta feira, 09, no Salão Paroquial, com a presença da prefeita Marilete Vitorino e do vice Chico Batista, presidente do CMAS, Alex Bispo, da Secretária de Promoção Social, Deise Figueiredo, representante do Conselho Estadual de Assistência Social, Benedito Alves e de outras Instituições.


O objetivo foi discutir e debater formas de reafirmar e garantir direitos dos segmentos populacionais excluídos e vulnerabilizados por condições de desvantagem pessoal, próprias do ciclo da vida e situações circunstancial que inclui a social e econômica. 



Para a prefeita Marilete Vitorino “O que se discutiu hoje nessa Conferência é de grande importância para a vida social das pessoas da nossa sociedade. A Secretaria de Promoção Social deve ofertar os benefícios assistenciais com tolerância. Quem procura a Assistência Social é porque deve estar numa situação de vulnerabilidade. Aqui eu conheço a maioria das pessoas que trabalham nessa secretaria e quero parabenizá-los pelo trabalho que vocês vêm prestando, mas vamos nos esforçar cada vez mais, principalmente, a partir dessas novas discussões”, ponderou. 


“Neste evento ficamos conhecendo um pouco mais e pudemos discutir ações para que os usuários sociais possam receber os serviços com mais qualidade e atenção. Vamos fortalecer a rede (SUAS) para garantir cada vez mais os direitos desses cidadãos”, destacou a secretária Deise Figueiredo.

O evento foi prestigiado pelas artes da dança do grupo da melhor idade e apresentações da cultura indígena.

Eixos de debatidos

EIXO 1:
A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais.

EIXO 2:
Gestão Democrática e Controle Social: o lugar da sociedade civil no SUAS.

EIXO 3:
Acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais.

EIXO 4:
A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

Ao final do evento foram eleitos quatro delegados que deverão participar da Conferência Estadual em Rio Branco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.