17 de mai de 2017

E Tarauacá sempre relegada a segundo plano


Barracão no Vitória Nova esperando restauração sendo destruído pelas intempéries

Completamente sem cabimento esse gasto com museu agora já que reclamam tanto de crise, aliás, crise causada por eles mesmos por anos e anos de uma política econômica irresponsável que levou o país para além do fundo do poço.

Por que não usar R$32 milhões pra gerar emprego, já que o que mais se vê são pessoas à toa dentro dos bairros sem fazer nada em pleno dia de semana?

Mesmo, que fosse o caso do dinheiro ter que ser gasto em um museu, teria que ser feito em Tarauacá, uma reivindicação antiga de sua população.

Mas, pelo visto, o município que tem o teatro mais antigo do Acre, continuará por muito tempo sem um museu. 

E segue o interior sempre relegado a segundo plano, vendo seu patrimônio histórico sendo destruído.  

Como poderia também dizer o Professor Raimundo em seu bordão: “E o emprego, oh!”.

Status: Destruído!

Status: Destruído!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.