24 de jun de 2009

CIDADE, CIDADÃO E CIDADANIA....

Três palavras que se tem muita ligação. Cidade é o lugar onde residem pessoas, cidadão é o individuo que mora nela e tem seus direitos e deveres políticos e civis e cidadania é a qualidade do cidadão de saber exercer os seus direitos e cumprir os seus deveres.
Em nossa cidade infelizmente está faltando cidadãos de verdade, que saibam que os seus direitos começam aonde terminam o dos outros, que entendam que o público é um bem de todos e não de uma minoria, que saibam que temos deveres e para cobrarmos de alguém precisamos dar o exemplo.
Ser cidadão é respeitar e participar das decisões da sociedade para melhorar suas vidas e a de outras pessoas. É não se vender quando a hora é de decisões que podem mudar o rumo da sociedade, lembrando assim só do próprio umbigo e esquecendo os que mais necessitam. As escolas deveriam por obrigação ensinar o aluno o que é ser um cidadão, o que é cidadania, procurando assim formar uma sociedade mais consciente e cumpridora dos seus deveres.
A cidadania pode ser exercida nos simples atos do nosso dia-a-dia, desde o gesto de não jogar papel na rua, não pichar os muros, respeitar os mais velhos (assim como todas às outras pessoas), não destruir telefones públicos, saber dizer obrigado, desculpe, por favor, e bom dia quando necessário. Saber cobrar de nossos dirigentes uma cidade mais limpa, lixeiras nas praças, iluminação pública, prédios públicos zelados, ruas pavimentadas, etc.
Muitas vezes fico pensando no futuro de nossa cidade e, cada vez mais acredito que o futuro está em nossas mãos, só depende de cada um de nós, de nossas atitudes. Não podemos permitir que a idéia de que somos desinteressados da realidade em que vivemos e que está tudo bom do jeito que se encontra se prolifere, devemos lutar, levantar a cabeça e dizer não para o que vemos de errado, para que tenhamos uma cidade melhor. Precisamos nos conscientizar que somos cidadãos, que temos direitos e deveres, que podemos combater as atrocidades que hoje se alastram por cada canto de nossa sociedade. Através da cidadania é que iremos alcançar uma melhor qualidade de vida humana.
Precisamos participar mais efetivamente da vida em sociedade, procurar conhecer os fatos, saber as verdades e exercer os nossos direitos como também cumprir nossas obrigações, isso é uma tarefa que jamais acaba, sua prática é para toda a vida, precisamos exercitar todos os dias.

Como dizia Juarez Távola - Militar e político brasileiro:
"A revolta é o último dos direitos a que deve um povo livre para garantir os interesses coletivos: mas é também o mais imperioso dos deveres impostos aos cidadãos.”


Ana Palazzo

Um comentário:

  1. Creio que a Ana tocou em pontos nevrálgicos principalmente quando fala da participação de todos na vida da sociedade, pois muitos tecem críticas mas não movem um palmo sequer na busca de mudanças.
    Parabéns Ana pelo texto, deveria escrever mais.
    Um forte abraço a esse casal maravilhoso!

    ResponderExcluir

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.