25 de abr de 2015

REDE-BERÇO PARA BEBÊS -


ENCOMENDAS COM DONA JÚLIA WANDERLEY - (68) 9906 0318

NOVO VÍDEO PROMOCIONAL DO KC-390

SCHALIN PARALISA A OPERAÇÃO DE SONDAS PARA A PETROBRAS


Investigada na Lava Jato, empresa teria suspendido atividades após ações na Justiça determinarem o arresto dos ativos. Companhia busca recursos para evitar pedido de falência
  
A Schahin Petróleo e Gás, operadora de plataformas petrolíferas para a Petrobras, busca no mercado uma linha de crédito para evitar pedido de falência, informaram duas fontes familiares com o assunto. Enquanto isso, a empresa suspendeu as operações de algumas das sondas de perfuração contratadas pela estatal, uma vez que credores pedem à Justiça que os ativos sejam usados como garantia para o pagamento de dívidas. O valor dos bônus emitidos pela empresa no mercado internacional despencou. A Schahin pode apelar à recuperação judicial ainda esta semana, disse uma das fontes, que pediu anonimato. 

Por volta do meio dia de ontem, os bônus da Schahin com vencimento em 2022 caíam US$ 0,09, para US$ 0,51 em Nova York, a pior queda e o valor mais baixo desde que foram vendidos em março de 2012. A captação, na qual a empresa levantou US$ 651,5 milhões, está garantida pelo fluxo de caixa gerado por contratos de longo prazo com a Petrobras para aluguel da sonda Sertão. A empresa tem seis sondas contratadas com a Petrobras e, segundo informações do mercado, cinco delas estariam com as operações paralisadas. A Schahin disse que não comentará o assunto. Procurada, a Petrobras também não se manifestou. 

No mês passado, a Fitch Ratings rebaixou os bônus Schahin II Finance para BB-, três degraus abaixo do grau de investimento, citando a alta alavancagem e as condições de crédito mais difíceis. A unidade de engenharia do grupo, Schahin Engenharia, está entre as empresas que foram banidas temporariamente de novas licitações da Petrobras por causa das investigações da Operação Lava Jato. O banco HSBC acionou a companhia na Justiça por uma dívida de US$ 56 milhões em notas promissórias não pagas. 

Embora não tenha nenhum executivo preso, a Schahin é uma das empresas que vêm apresentando dificuldades financeiras depois de serem incluídas na lista de empreiteiras investigadas por suposto pagamento de propina para conseguir contratos com a Petrobras. Cinco delas já deram início a um processo de recuperação judicial: OAS, Galvão Engenharia, Alumini Engenharia, Iesa e Jaraguá.

Fundo sueco também vai processar a Petrobras 

Depois de investidores americanos irem à Justiça contra a Petrobras para tentar recuperar perdas, um fundo de pensão sueco, o AP1, que em dezembro detinha 3,7 milhões de papéis da empresa, engrossou a lista de processos contra a petroleira em tribunais no exterior, na esteira dos escândalos de corrupção envolvendo a companhia. 

Segundo informações do “Financial Times”, os suecos alegam que a estatal brasileira não revelou em seus balanços sua real situação, não provou que seus controles para evitar a corrupção funcionavam e sobrevalorizou seus ativos. Ao contrário dos americanos, que decidiram reunir todas as ações em um mesmo processo, o fundo sueco abrirá um caso separado. As ações da Petrobras acumularam perdas de 43% no ano passado. 

Nas duas últimas semanas, a Dimensional Fund Advisors e seis fundos de pensão de Nova York também optaram por ações individuais para processar a Petrobras por alegadas perdas com o escândalo de corrupção. “Normalmente fazemos isso nos juntando a class actions, mas desta vez pensamos que é do interesse de nossos acionistas buscar nossos direitos diretamente”, disse ao FT um porta-voz do Dimensional. De acordo com alguns advogados, a busca por ações individuais pode garantir melhores acordos aos investidores. 

Desde dezembro, dezenas de fundos de pensão americanos já entraram na Justiça contra a Petrobras por perdas após o início da Operação Lava Jato. No mês passado, os pedidos foram consolidados em uma ação coletiva, com o fundo britânico Universities Superannuation Scheme (USS) escolhido como líder. O USS alega que perdeu US$ 84 milhões com a queda das ações da estatal após o início da crise. 

24 de abr de 2015

PREFEITURA DE TARAUACÁ REALIZA UM DOS MAIS BELOS DESFILES CÍVICOS JÁ REALIZADOS EM TARAUACÁ


O DESFILE FOI EM COMEMORAÇÃO AOS 102 ANOS DO MUNICÍPIO


A Prefeitura Municipal de Tarauacá realizou hoje um belíssimo Desfile Cívico retornando assim ao calendário local uma das mais tradicionais festas realizadas na cidade.


A solenidade contou com a presença do Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno, do Vice Prefeito Chagas Batista, da representante do Núcleo de Educação Estadual Professora Francisca Aragão, o Coronel Juvenal e autoridades locais.

Todas as secretarias do município desfilaram com cartazes e com os materiais que são usados no dia a dia, destacando o empenho que as mesma tem obtido na atual gestão.


Com a participação especial da Banda da Polícia Militar que começou dando o tom aconchegante de PARABÉNS PRA VOCÊ, vindo prestigiar o evento diretamente de Rio Branco marcando com essa visita histórica, o ritmo colorido dos desfiles das Escolas e afins.

Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno hasteando o Pavilhão Nacional
O Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno ao lado da Primeira Dama Úrsula Prado fez uso da palavra destacando que, dessa vez, a salva de palmas era para a própria população Tarauacaense, merecedora dessa festa alegre e contagiante por ser uma população guerreira, haja vista ter enfrentado nada mais nada menos que doze enchentes nesse período invernoso.

ABAIXO VEJA ALGUMAS IMAGENS

Assecom Tarauacá

A FOTO MAIS DISTANTE JÁ TIRADA


Para você que não é fera no inglês segue os detalhes mais importantes da narrativa para entender porque dizem que esta é a foto mais importante já tirada.

Em 1996 o Telescópio Espacial Hubble foi direcionado para um ponto no céu aparentemente vazio, do tamanho de um grão de areia se você segurasse um grão com o braço esticado em direção ao céu. Incrivelmente eles conseguiram detectar fótons, partículas de luz, que estavam viajando através do universo pelos últimos 13 bilhões de anos. Foram descobertas 3 mil galáxias no detector do Hubble, nesta simples foto. Esta foi a foto mais profunda de toda a humanidade. Cada um dos pontos na foto abaixo cont’Rm centenas de bilhões de estrelas, assim como a nossa Via Láctea.

Em 2004 os astrônomos fizeram isto novamente, apontando o telescópio para a constelação de Órion. Mais de 10 mil galáxias apareceram desta vez na foto que ficou conhecida como o ultra deep field, ou campo ultra-profundo, em tradução livre. Esta imagem representa o mais distante que já conseguimos enxergar no nosso universo. Estes fótons foram emitidos no inicio do universo para encerrarem sua jornada noobturador da câmera do Hubble depois de 13 bilhões de anos. Mas estas galáxias estão se afastando de nós, em alguns casos mais rápido que a velocidade da luz.

Quanto mais distante está uma galáxia mais a sua luz muda para o vermelho e mais rápida ela parece se mover. Esta é uma maneira de medir a velocidade e distância das demais galáxias com relação à nossa.
Usando as medidas das mudanças para o vermelho de todas as galáxias na imagem os cientistas criaram um modelo tridimensional do campo ultra-profundo do Hubble. E é assim que esta parte do universo se parece (aos 3 minutos do vídeo acima) quando são aplicadas as distâncias das galáxias na fotografia mais importante já feita.

Há mais de 100 bilhões de galáxias no universo. Simplesmente falar este número não significa muito para nós, pois dá nenhum contexto. Nossos cérebros não conseguem colocá-lo em uma perspectiva que tenha qualquer significado. Mas quando olhamos no vídeo acima e pensamos no contexto de como foi feita e realmente entendemos o que ela significa, nós instantaneamente entendemos esta perspectiva e somos modificados permanentemente por ela.

Apontamos o telescópio mais poderoso já construído para um minúsculo ponto vazio apenas por curiosidade e descobrimos que ocupamos um espaço minúsculo no espaço

22 de abr de 2015

RÁPIDAS SOBRE DEFESA - 22/04/2015








DISPONIBILIZADO O 2º TRAILER DE GUERRA NAS ESTRELAS EPISÓDIO VII - CURTA!

EM CRUZEIRO DO SUL 1ª CIRETRAN INICIA TRABALHOS DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO



Com o tema : “Educando as Crianças para Construir um Trânsito Melhor”, o Detran, através da 1ª Ciretran de Cruzeiro do Sul (AC) lançou na manhã desta sexta-feira (10) a programação de educação no trânsito, dando início às atividades. O evento aconteceu no Teatro dos Náuas e contou com a presença de mais de 500 alunos da rede pública de ensino.

Autoridades civis, militares, o diretor geral do Detran, Gemil Junior, a vice-governadora Nazaré Araújo e diversas outras pessoas participaram do evento. A banda do 61° Batalhão de Infantaria de Selva abriu as atividades que prosseguiram com a apresentação cultural realizada por estudantes da rede de ensino infantil.

ciretran educação no transito“A partir de hoje damos o pontapé inicial nas nossas ações nas escolas. Estamos com nossa equipe montada, e a partir de segunda-feira começamos a fazer a abordagem desde o maternal até o ensino médio e concluir 100% das escolas com as ações de educação no trânsito”, relatou o gerente da 1ª Ciretran Valdecir Dantas.

Durante a manhã de hoje foi realizada ainda a inauguração do Posto Rodoviário de Fiscalização, localizado na Rodovia AC-405, próximo ao Igarapé Preto, e o anúncio da construção do complexo do Detran em Cruzeiro do Sul.

educação no transito alunos no teatro“Nós vamos inaugurar hoje o ponto que estava parado há mais de 10 anos, e lá nossos agentes estarão durante 24h. Nossos agentes estarão instalados ali naquele ponto. É a terceira vez que estamos aqui neste ano. Estaremos também visitando junto com a vice-governadora o local onde será construído o 1° complexo do Detran do Estado do Acre. Uma área de mais de oito mil metros quadrados. Pretendemos inaugurar no inicio de 2016”, garantiu o diretor geral do Detran.

Por Vanisia Nery
Com informações de Erisney Mesquita

Nota do Blog: E aqui em Tarauacá? Vão esperar um acidente e toda aquela comoção para continuar os trabalhos?

PREFEITURA DIVULGA PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO ANIVERSÁRIO DE 102 ANOS DE TARAUACÁ



A terceira cidade Acriana, em extensão territorial, Tarauacá, completa 102 anos na sexta-feira, dia 24 de Abril.

Festejos comemorativos serão iniciados na quinta-feira, 24 e se estenderá até 26 de Abril 

A prefeitura de Tarauacá divulgou na tarde desta terça-feira (21) a programação completa dos três dias de comemoração pelo aniversário dos 102 anos da cidade de Tarauacá, oficialmente celebrado no dia 24 de Abril. A programação conta com eventos cívicos, show pirotécnico, religiosos, culturais e esportivos.

PROGRAMAÇÃO 


24 DE ABRIL  (Sexta-feira)

05h00min- Salva de Tiros a cargo da Polícia Militar; 

06h00min- Alvorada Festiva na Rádio Nova Era FM, Rádio AM Difusora de Tarauacá e em frente á Prefeitura; 

07h30min- Concentração de Autoridades, escolas e o povo em geral em frente á Prefeitura; 

08h00min- Execução do Hino de Tarauacá; 

-Hasteamento dos Pavilhões Nacional, Estadual e Municipal. 

- Leitura da Poesia vencedora do concurso “ Tarauacá”, realizado pela Escola de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista 

- Palavra alusiva a data pelo Exmo. Sr.Vice-Prefeito Francisco das Chagas Batista e Exmo. Sr. Prefeito Rodrigo Damasceno Catão 

- Desfile da Polícia Militar 

- Desfile do Corpo de Bombeiros 

- Desfile Alegórico das Escolas de Educação Infantil: 

· Rilza Maria Daniel do Nascimento 

· Maria Donizete Mota 

· Maria Aucilene Calixto Alves 

Tema: Contos de Fadas 

- Miss Tarauacá 2014 

- Ala: Miss e Mister das Instituições Escolares 

- Apresentação da Fanfarra do Instituto São José 

- Desfile dos Estandartes e Guardas de Honra das Escolas Estaduais e Municipais 

- Desfile dos Demoles da Loja Maçônica Acreana nº 04 

- Desfile Do Instituto Federal do Acre – IFAC/Tarauacá 

- Desfile da Universidade Federal do Acre - UFAC/PARFOR Tarauacá 

- Desfile do Instituto Dom Moacyr – IDM/Tarauacá 

- Desfile do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC/Tarauacá 

- Desfile da Secretaria Municipal de Obras 

- Desfile da Secretaria Municipal de Saúde 

- Desfile da Secretaria de Ação Social 

- Apresentação da Fanfarra da Escola Tupanir Gaudêncio da Costa 

- Apresentação Cultural do Grupo Matuto pelo Avesso – Terra Morena 

- Apresentação de Capoeira 

11h00min – Torneio de Sinuca no Tequila Bar (Particular) 

14h00 min – Torneio Quadrangular de Futsal Master entre as seleções de Tarauacá, Feijó, Jordão e Rio Branco no Ginásio Poliesportivo Ruinet Lima de Matos

14h30min - Inauguração da Academia de Saúde ao Ar Livre (ao lado do Ginásio Poliesportivo Ruynet Lima de Matos)

19h00min – Missa em Ação de Graça ao Aniversário de Tarauacá na Igreja São José 

20h00min – Apresentação da Banda de Música da Polícia Militar de Rio Branco, na Praça Central 

20h30min - Show Pirotécnico na Praça Tarauacá 

20h40min – Sarau Cultural no Teatro Municipal “José Potiguara” 

22h00min – Show do Mc Nando Luxúria e Cantor Rei da Cacimbinha no Swing Clube (Particular) 

22h00min – Festa Temática “Dream and Fantasy – Sonho & Fantasia” no Clube da Maçonaria (Particular) 

DIA 25 DE ABRIL (Sábado) 

08h00min – Torneio de Futebol Society entre a Polícia Militar de Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Feijó e Rio Branco, no campo da Associação da Polícia. 

22h00min – Baile em comemoração ao Aniversário de Tarauacá – 102 Anos, com Banda Eclypsom e Cantor Giovanne Accioly, no Clube Chega Mais (Particular) 

DIA 26 DE ABRIL (Domingo) 

08h00min – Ato de Inauguração da Quadra Poliesportiva na Comunidade Gregório. 

- Apresentação Cultural 

- Torneio de Futsal Masculino entre as Comunidades locais. 

Assecom Tarauacá

DA SÉRIE: FOTOS DO ABIMAEL LOPES - EM HOMENAGEM A PASSAGEM PELO DIA DO ÍNDIO


21 de abr de 2015

CHARGE DO DIA - 21/04/2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA REQUERIDA PELO DEPUTADO ESTADUAL JESUS SÉRGIO (PDT), EM PROL DAS VÍTIMAS DAS ENCHENTES SERÁ REALIZADA NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA (23)


DEPUTADOS EM AÇÃO: ALEAC DEBATE AÇÕES DE RECUPERAÇÃO ECONÔMICA DOS ATINGIDOS PELA CHEIA

Deputado Jesus Sérgio

Parlamentares da esfera municipal, estadual e federal, representantes dos órgãos estaduais e federais, instituições bancárias, do setor empresarial, rural e toda a sociedade civil organizada estarão reunidas na quinta-feira, 23, às 14 horas, no auditório do Palácio da Justiça para debater ações que possam minimizar os prejuízos e auxiliar na recuperação econômica daqueles que foram atingidos pela maior enchente da história do Acre.

A audiência Pública foi requerida pelo deputado estadual Jesus Sérgio (PDT) e será executada pela Comissão de Legislação Agrária, Fomento, Agropecuária, Indústria e Comércio, Ciências e Tecnologia e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), que já reuniu com os principais setores para que possam tornar a audiência mais produtiva e objetiva.

O debate, segundo Jesus Sérgio, irá trazer alguns encaminhamentos acerca da desestabilização econômica causada pelas últimas enchentes. O parlamentar acredita que algumas atitudes precisam ser tomadas urgentemente, como por exemplo: a disponibilização de uma linha de crédito para pessoas físicas e jurídicas as quais inclui comerciantes, produtores rurais, empresários e servidores públicos, com taxas de juros mais baixas e prazos especiais; adiamento da cobrança de empréstimos; a prorrogação de prazos de financiamento; possibilidade de carência de seis meses nos novos empréstimos e nas renovações.

Para o parlamentar, o resultado final do debate será o primeiro passo da grande jornada de recuperação econômica das cidades, haja vista, que o planejamento prévio proporcionaria aos governos saberem exatamente quais os setores mais necessitados para se recuperar dependendo das prioridades.


Angela Rodrigues

ADVOGADO ROBERTO DUARTE REITERA APOIO À REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL


Tenho observado atentamente as discussões que norteiam um tema de suma importância para o momento que estamos vivenciando: redução da maioridade penal dos 18 para os 16 anos.

Em 2014, fui candidato ao Senado da República pelo Estado do Acre e minha principal bandeira de campanha foi defender a redução da maioridade penal dos 18 para os 16 anos de idade.

Meu posicionamento acerca do assunto baseiam-se, principalmente, nos seguintes argumentos:

• Um cidadão com 16 anos pode votar e ajudar a eleger nossos governantes; 
• Com 16 anos, ou menos, pode engravidar uma parceira e, assim, constituir uma família; 
• Com 16 anos, um cidadão tem total consciência dos seus atos e das suas atitudes; 
• Em muitos casos, quando um criminoso maior de 18 anos comete um delito grave (assalto, homicídio, estupro, dentre outros tantos) e quer se livrar da pena, simplesmente coage (até remunera) e transfere a responsabilidade para que um menor assuma a autoria do delito, uma vez que este terá que cumprir, no máximo, uma medida sócio-educativa de 03 (três) anos e, que dependendo do seu comportamento, pode livrar-se solto a qualquer momento.

Ora, se um menor com 16 ou 17 anos tem todos esses direitos, porque não podemos lhe imputar também responsabilidades.

Corroborando a estes argumentos, existem pesquisas indicando que mais de 80% da população brasileira quer e aprova a redução da maioridade penal, então cabe aos representantes do povo no caso os Deputados Federais e Senadores aprovarem o que a grande maioria da população anseia.

Quero aqui deixar claro que a redução da maioridade penal não é a solução para todos os problemas da violência. Entendo que a melhor solução para diminuir a violência é investir pesado na EDUCAÇÃO. Mas, sabemos que esta é uma ação de longo prazo, especialmente pelo descaso dos governantes. Assim, a redução surge como uma medida alternativa de caráter emergencial para minimizar os problemas supramencionados.

É nítido que a educação não tem sido uma prioridade para os Governos Federal, Estadual e Municipal, especialmente no meu Estado do Acre. Não se preocupam com a qualidade do ensino e muito menos com a qualidade da educação. Preocupam-se mais com a quantidade do que com os resultados efetivos das políticas públicas. Para estes governos, os alunos têm que ser aprovados de qualquer forma, simplesmente temendo que o volume de recursos recebidos seja reduzido.

Desta feita, a redução da maioridade penal dos 18 para os 16 anos de idade, surge como uma alternativa para inibir os alarmantes índices de violência, especialmente aqueles em que os jovens estão envolvidos, muitas vezes, somente usados como escudo por criminosos perigosos.

Concluo dizendo que o nosso sistema carcerário, assim como muitas outras áreas do governo, está falido. Mas a redução da maioridade penal não está sendo criada/discutida para inchar mais ainda as cadeias, e sim para coibir que nossos jovens sejam usados para assumirem ou cometerem crimes com a garantia de que não serão devidamente penalizados por estes delitos.

20 de abr de 2015

SEM O VASCO O FUTEBOL BRASILEIRO E O MUNDO NÃO TERIAM CONHECIDO PELÉ - 'RESPOSTA HISTÓRICA' COMPLETA 90 ANOS


Há precisamente 90 anos, no dia 7 de abril de 1924, o Club de Regatas Vasco da Gama produziu um dos documentos mais importantes da história do esporte mundial, que ficou conhecido como "A RESPOSTA HISTÓRICA". 

O documento, redigido em poucos parágrafos, comunicava ao sr. Arnaldo Guinle, presidente da AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Atléticos), liga recém-fundada pelos cinco clubes mais influentes do Rio de Janeiro na época (América, Bangu, Botafogo, Flamengo e Fluminense), que o Vasco, campeão carioca de 1923, preferia não fazer parte da nova entidade a ter que se submeter à exigência de eliminar de seus quadros 12 atletas, a maioria deles negros, mulatos, nordestinos ou pobres, considerados pela AMEA jogadores "de profissão duvidosa". 

Desta forma, o Vasco manteve-se na LMDT (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres), liga pela qual disputara e vencera o Campeonato Carioca do ano anterior (enfrentando os cinco "grandes"), e disputou em 1924 um campeonato esvaziado, contra equipes de menor expressão, sagrando-se campeão com 16 vitórias em 16 jogos. 

Em 1925, o Vasco foi admitido na AMEA de forma incondicional e voltou a enfrentar, com seus atletas negros, mulatos, nordestinos e pobres, os times "grandes". 

Nos dias de hoje, uma reprodução da "Resposta Histórica" pode ser vista na Sala de Troféus do Vasco. 


A "Resposta Histórica" publicada pela imprensa da época 

A "Resposta Histórica" ganhou repercussão na imprensa carioca, sendo publicada em vários jornais. A versão reproduzida abaixo consta da página 8 da edição de 16/04/1924 do jornal "O Paiz", um dos mais importantes Brasil à época, cujas edições podem ser consultadas no site da Biblioteca Nacional. 

A "Resposta Histórica" publicada pelo jornal O Paiz em 16/04/1924

Transcrição: 



                             O OFFICIO DO VASCO DA GAMA
                                    A' A. M. E. A.
                          Só agora terão os leitores conhe-
                        cimento do officio enviado pelo C.
                        R. Vasco da Gama á Associação Me-
                        tropolitana de  Esportes Athleticos.
                          Essa entidade, de posse do alludido
                        officio, concedeu, na sessão de do-
                        mingo ultimo, o desligamento deste
                        club.
                          Abaixo transcrevemol-o:
                          "Rio de Janeiro, 7 de abril de
                        1924 — Officio n. 261 — Exmo. Sr.
                        Dr. Arnaldo Guinle, muito digno pre-
                        sidente da Associação Metropolitana
                        de Esportes Athleticos—As resoluções
                        divulgadas hoje pela imprensa, to-
                        madas em reunião de hontem pelos
                        altos poderes da Associação a que
                        V. Ex. tão dignamente preside, col-
                        locam o Club de Regatas Vasco da
                        Gama numa tal situação de inferiori-
                        dade, que absolutamente não póde
                        ser justificada, nem pelas deficien-
                        cias do nosso campo, nem pela sim-
                        plicidade da nossa sede, nem pela
                        condição modesta de grande nume-
                        ro dos nossos associados.
                          Os privilégios concedidos aos cinco
                        clubs fundadores da A. M. E. A.,
                        e a fórma por que será exercido o
                        direito de discussão e voto, e feitas
                        as futuras classificações, obrigam-
                        nos a levar o nosso protesto contra
                        as citadas resoluções.
                          Quanto á condição de eliminarmos
                        doze dos nossos jogadores das nos-
                        sas equipes, resolveu, por unanimi-
                        dade, a directoria do C. R. Vasco
                        da Gama não a dever aceitar, por
                        não se conformar com o processo
                        por que foi feita a investigação das
                        posições sociaes desses nossos conso-
                        clos, investigação levada a um tri-
                        bunal onde não tiveram nem repre-
                        sentação, nem defesa.
                          Estamos certos que V. Ex. será
                        o primeiro a reconhecer que seria
                        um acto pouco digno da nossa parte
                        sacrificar, ao desejo de fazer parte
                        da A. M. E. A., alguns dos que lu-
                        ctaram para que tivessemos, entre
                        outras victorias, a do campeonato
                        de foot-ball da cidade do Rio de Ja-
                        neiro de 1923.
                          São esses doze jogadores, jovens,
                        quasi todos brasileiros, no começo
                        da sua carreira, e o acto publico que
                        os póde macular, nunca será prati-
                        cado com a solidariedade dos que di-
                        rigem a casa que os acolheu, nem
                        sob o pavilhão que elles com tanta
                        galhardia cobriram de glorias.
                          Nestes termos, sentimos ter que
                        communicar a V. Ex. que desisti-
                        mos de fazer parte da A. M. E. A.
                          Queira V. Ex. aceitar os protestos
                        da maior consideração e estima de
                        quem tem a honra de se subscrever,
                        do V. Ex., att. vnr. e obro. —
                        José Augusto Prestes, presidente."


A "Resposta Histórica" na Sala de Troféus do Vasco 

Uma versão da "Resposta Histórica" encontra-se reproduzida num quadro localizado na Sala de Troféus da sede de São Januário. Antes da transcrição do documento, há uma introdução, lembrando que, sem o Vasco, o futebol brasileiro não teria conhecido Pelé; depois do texto, há uma explicação de que a motivação velada por trás da exigência da eliminação de 12 jogadores era que eles "eram de cor", ou seja, negros ou mulatos. O conteúdo do ofício teve sua ortografia atualizada e apresenta algumas diferenças em relação à versão publicada pelos jornais da época. 

Quadro com a reprodução do documento "A Resposta Histórica" na Sala de Troféus de São Januário

Poster da "Resposta Histórica" em destaque na exposição "Adoro Futebol", no shopping Via Parque, em agosto de 2008

Poster da "Resposta Histórica" em detalhe

Transcrição: 


"Sem o Vasco, o futebol brasileiro não teria 
conhecido o Pelé" 

A Resposta Histórica


Como homenagem àqueles que deram esta lição de grandeza do Vasco da Gama, para que os mais novos sintam o que representou o aparecimento do Vasco da Gama no esporte brasileiro, reproduzimos na integra o seguinte documento histórico: 


"Rio de Janeiro, 7 de Abril de 1924. 
Ofício nr. 261 
Exmo. Sr. Dr. Arnaldo Guinle 
M.D. Presidente da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos 

            As resoluções divulgadas hoje pela imprensa, tomadas em reunião de ontem pelos altos poderes da Associação a que V.Exa tão dignamente preside, colocam o Club de Regatas Vasco da Gama numa tal situação de inferioridade, que absolutamente não pode ser justificada nem pela deficiência do nosso campo, nem pela simplicidade da nossa sede, nem pela condição modesta de grande número dos nossos associados. 
            Os privilégios concedidos aos cinco clubes fundadores da AMEA e a forma por que será exercido o direito de discussão e voto, e feitas as futuras classificações, obrigam-nos a lavrar o nosso protesto contra as citadas resoluções. 
            Quanto à condição de eliminarmos doze (12) dos nossos jogadores das nossas equipes, resolve por unanimidade a diretoria do Club de Regatas Vasco da Gama não a dever aceitar, por não se conformar com o processo por que foi feita a investigação das posições sociais desses nossos consócios, investigações levadas a um tribunal onde não tiveram nem representação nem defesa. 
            Estamos certos que V.Exa. será o primeiro a reconhecer que seria um ato pouco digno da nossa parte sacrificar ao desejo de filiar-se à AMEA alguns dos que lutaram para que tivéssemos entre outras vitórias a do campeonato de futebol da cidade do Rio de Janeiro de 1923. 
            São esses doze jogadores jovens, quase todos brasileiros, no começo de sua carreira e o ato público que os pode macular nunca será praticado com a solidariedade dos que dirigem a casa que os acolheu, nem sob o pavilhão que eles, com tanta galhardia, cobriram de glórias. 
            Nestes termos, sentimos ter que comunicar a V.Exa. que desistimos de fazer parte da AMEA. 
            Queira V.Exa. aceitar os protestos de consideração e estima de quem tem a honra de se subscrever, de V.Exa. At. Vnr. Obrigado 

(a) Dr. José Augusto Prestes - Presidente 


Obs. - Os grandes clubes do Rio de Janeiro exigiram que o 
Vasco da Gama eliminasse 12 jogadores - Motivo velado - "Eram de côr". 
A carta acima foi a resposta do Vasco.



Uma outra versão da "Resposta Histórica" 

No dia 07/04/2013, o site oficial do Vasco publicou um verdadeiro "presente" para os pesquisadores: uma foto de um documento antigo, desgastado pelo tempo, com a mesma identificação (ofício nº 261) e data (7 de abril de 1924) daquele que ficou posteriormente conhecido como a "Resposta Histórica" (clique aqui para acessar). Entretanto, pequenas diferenças no texto em relação à versão publicada na imprensa e alguns erros de datilografia e de ortografia fazem supor que se trata de uma versão inicial do documento, possivelmente um esboço (afinal, o ofício original foi, naturalmente, enviado à AMEA).
Documento possivelmente original da "Resposta Histórica" publicado pelo site oficial do Vasco

Transcrição (caracteres ilegíveis substituídos por ***): 


                            Rio de Janeiro, 7 de Abril de 1924.
                                          Officio No 261
                      Exmo. Snr. Dr. Arnaldo Guinle,
                      M. D. Presidente da Associação Metropolitana de 
                                     Esportes Athleticos.
                           As resoluções divulgadas hoje pela Imprensa, 
       tomadas  em reunião de hontem pelos altos poderes da Associação 
       a que V. Exa. tão dignamente preside, collocam o Club de Regatas
       Vasco da Gama numa tal situação de inferioridade, que absoluta-
       mente não pode ser justificada, nem pelas defficiencias do nosso
       campo, nem pela simplicidade da nossa séde, nem pela condição
        modesta  de grande numero dos nossos associados.
                          Os previlegios concedidos aos cinco clubs fun-
        dadores da A.M.E.A., e a forma porque será exercido o direito de
        discussao e voto, e feitas as futuras classificações, obrigam-nos
        a lavrar o nosso protesto contra as citadas resoluções.
                         Quando á condição de eliminarmos doze dos nossos
         jogadores das nossas equipes, resolveu por unanimidade a Directo-
         ria do C. R. Vasco da Gama não a dever acceitar, por não se con-
         formar com o processo porque foi feita a investigação das posi-
         ções sociaes desses nossos consocios, investigação levada a um
         tribunal onde não tiveram nem repesentação nem defesa.
                         Estamos certos que V. Exa. será o primeiro a re-
         conhecer que seria um acto pouco digno da nossa parte, sacrificar 
         ao desejo de fazer parte da A.M.E.A., alguns dos que luctaram pa-
         ra que tivessemos entre outras victorias, a do Campeonato de 
         Foot-Ball da cidade do Rio de Janeiro de 1923. 
                        São esses doze jogadores, jovens, quasi toso bra-
         sileiros, no começo de sua carreira, e o acto publuco que os pode
         macular, nunca será praticado com a solidariedade dos que dirigem
         a casa que os acolheu, nem sob o pavilhão que elles com tanta ga-
         lhardia cobriram de glorias.
                       Nestes termos, sentimos ter que communicar a V. (***)
         que desistimos de fazer parte da A.M.E.A.
                      Queira V. Exa. acceitar os protestos da maior (***)
          deração e estima de q(****)m a honra de subscrever
                                         (***)   De V. Exa.
                                                         (***)



Créditos 
Texto: NETVASCO 
Fotos: Alexandre Mesquita, Paulo Fernandes, Site oficial do Vasco, Reprodução O Paiz 
Transcrições: Alexandre Mesquita, NETVASCO 

TARAUACÁ: ELEIÇÕES/2016- PSB ANUNCIA O NOME DO ADVOGADO E PROFESSOR JÚNIOR FEITOSA COMO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO



Blog do Accioly - O Partido Socialista Brasileiro- PSD, através da direção municipal, tendo à frente o empresário Grandi Almeida,  acaba de anunciar através de uma rede social, que o partido pretende apresentar candidatura própria nas eleições para prefeito, que acontecem no próximo ano. O nome do pré-candidato é do professor e advogado Júnior Feitosa. 

O PSB, junto com o PCdoB, faziam parte da coalizão de partidos que apoiavam o governo do petista Rodrigo Damasceno, ocupando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e outros cargos em comissão. Recentemente rompeu com a administração, após uma reforma administrativa onde Damasceno exonerou cargos do partido, inclusive do Secretário Lázaro Almeida. "Ele fez isso sem conversar com a direção do nosso partido e nos pegou de surpresa. Na última eleição demos quase dois mil votos à frente popular, ajudamos a eleger o Dr. Rodrigo e ele nos trata dessa maneira", reclamou o vereador João Moreira.

Nas eleições de 2014, o candidato a Deputado Federal do PSD, Cesar Messias foi o mais votado em Tarauacá, obtendo 1.890 votos. O deputado Estadual Manoel Morais, obteve 496, votos. A grande decepção foi mesmo a votação do vereador e candidato a deputado estadual João Moreira de Tarauacá, que recebeu apenas 313 votos. 

Júnior Feitosa é professor da rede estadual de ensino, formado em matemática pela UFAC, e também advogado formado pela Uninorte. "Quero agradecer ao Partido Socialista Brasileiro - PSB, toda sua executiva, em especial a pessoa de nosso dirigente Municipal Grandi Almeida, pela indicação de nosso nome. Indubitavelmente estaremos a disposição do nosso partido e da sociedade Tarauacaense, para apresentar a todos o projeto "Por uma Tarauacá Melhor. Juntos faremos mais". Onde teremos metas a curto, médio e longo prazo, a serem implementadas e desenvolvidas para essa cidade que tanto amamos", declarou o pré-candidato.

17 de abr de 2015

COMUNICADO AOS LEITORES



Em respeito aos leitores do blog comunico que excepcionalmente hoje, sábado e domingo não haverá atualizações. O motivo é que eu irei juntamente com minha esposa coordenar a entrada de novos casais no ECC (Encontro de Casais com Cristo), da Paróquia de São José.

Desde já agradeço vossa atenção e que a Sagrada Família possa protegê-los de todo o mau, e que em seus lares reine a harmonia e a paz. Tenham um excelente final de semana.

Até breve.


16 de abr de 2015

REALIDADE AMERICANA - PREÇO DOS CARROS

TIRINHAS DO EDBAR - HUMOR - 16/04/2015

ENTENDA O SIGNIFICADO DE UMA ÁRVORE SECA. SERÁ QUE É MAIS UMA VÍTIMA DAS CINZAS DE BANCA DE CHURRASQUINHO?


Com a palavra os órgãos ambientais.

JESUS SÉRGIO SOLICITA A INSTALAÇÃO DE IML EM TARAUACÁ


Deputado: Jesus Sérgio
O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT) pediu na sessão desta terça-feira, 14, a instalação de um Instituto Médico Legal (IML) em Tarauacá. Ele frisou que o procedimento de autópsia está sendo realizado somente em Cruzeiro do Sul. “Quero pedir que seja instalado um IML em Tarauacá. Hoje, infelizmente, os corpos são levados para Cruzeiro do Sul para a realização do procedimento de autópsia, o que causa grande transtorno à população”, salientou o deputado.

Jesus Sérgio (PDT) se solidarizou com a população de Tarauacá e a família da criança que perdeu a vida em um incêndio ocorrido em uma residência na manhã desta segunda-feira, 13. O parlamentar lembrou que a sociedade tarauacaense está consternada com o acontecimento trágico.
Ele também comentou a agenda da Comissão de Legislação Agrária da Aleac, revelando que no próximo dia 16 os membros da Comissão vão se reunir com representantes das entidades financeiras e no dia 23 será realizada uma audiência pública para discutir os impactos da alagação sobre a produção agrícola e comercial do Estado, buscando soluções para os principais problemas.

José Pinheiro
Agência Aleac

Artigo relacionado: